×
Compartilhar Inscreva-se

06 dicas para atrair clientes para loja de móveis

06 dicas para atrair clientes para loja de móveis

A ideia de atrair clientes para loja de móveis é cultivada em muitas instituições do segmento, independentemente do seu tamanho. Afinal, com mais pessoas interessadas na empresa, clientes fidelizados e possíveis consumidores, há um foco na marca, crescimento das vendas e serviços e comprovação das vantagens que o local oferece, tornando-se destaque entre o mercado de móveis.

Outra questão é que a atração impulsiona algumas ações dentro da empresa, muitas vezes qualificando os trabalhos, melhorando processos internos ou mesmo a rotina dos colaboradores, tratando os problemas em seu início.

Se você precisa entender melhor sobre como atrair clientes para loja de móveis, separamos  6 dicas que podem ajudar. Continue lendo e alcance seus clientes!

1 – Reveja as estratégias atuais

A primeira dica é analisar todos os processos atuais e entender como as estratégias funcionam, assim, é possível pensar em ações futuras que combinem com o momento da empresa ou que aprimorem as atividades, tudo depende da estrutura atual.

Para isso, além de levantar resultados de vendas de campanhas, de épocas comemorativas ou mesmo dos serviços do dia a dia, vale a pena ser minucioso e pontuar os resultados das equipes, entendendo como cada colaborador trabalha e como as ações internas também possam ser qualificadas. Afinal, se o trabalho da loja for diferenciado, é possível que isso seja um reflexo para o tratamento com o cliente, melhorando a atratividade do lugar.

2 – Entenda as dores dos clientes

Em conjunto com o estudo interno, é bom levantar quais as dores do consumidor e o que ele sente em relação à loja. Revendo as sugestões, críticas e elogios, é possível entender se você precisa investir em infraestrutura, no atendimento, nos produtos ou mesmo no programa de pós-venda, sanando as dores de todos.

Para isso, basta retomar informações como elogios e reclamações de períodos anteriores e acompanhar os canais de relacionamento e contato. Outra dica é elaborar pesquisas de satisfação com perguntas objetivas e diretas, ouvindo seu consumidor até levantar todas as informações necessárias.

3 – Planeje ações

Depois de entender as necessidades da empresa e dos clientes, é hora de planejar ações cujo objetivo é sanar esses problemas e, só depois, focar no destaque da marca e em ações novas.

Não adianta, por exemplo, investir em uma estratégia de marketing para aumentar as vendas se a experiência de compra será decepcionante, o mesmo vale para ações de contato direto e venda agressiva que não partem do atendimento por funcionários treinados e preparados.

Assim, comece pontuando quais problemas são prioritários e crie uma lista de necessidades, passando por todos esses pontos ao pensar nas melhores estratégias para cada um. Como essa parte é um levantamento de hipóteses, é possível separar mais de uma ação, porém, definindo como começar e por qual momento.

4 – Alinhe resultados e treine a equipe

Toda a equipe deve entender que o local está passando por uma reformulação, revendo seus trabalhos internos, externos, propondo testes de mercado e focando nos resultados. Assim, não deixe de alinhar as expectativas com a equipe e prepará-la para caminhar junto com a empresa.

Independentemente do tipo de mudança, a equipe deve estar a par das situações e caminhar junto, recebendo treinamento necessário, reciclagem de funcionários ou mesmo se adaptando às novas funções, equipes e áreas.

5 – Pense no pós-vendas

Muitos lugares investem nas vendas e serviços e esquecem do pós-venda, momento em que o cliente pode entrar em contato com a empresa para pedir ajuda, reclamar, elogiar ou mesmo buscar novas oportunidades, uma grande chance de demonstrar o quanto o atendimento personalizado faz diferença.

Outra possibilidade é que o consumidor nunca mais busque a empresa pois já fez a compra necessária e gostou do negócio, uma ótima oportunidade para mostrar promoções, lançamentos e itens que combinam com a compra anterior e pode ser de interesse.

Por isso, investir em um bom pós-vendas pode não apenas atrair clientes para a loja de móveis como fidelizá-los, garantindo que a imagem do negócio seja de maior destaque, que haja divulgação a partir desse consumidor e que outras pessoas busquem a empresa a partir da experiência positiva dessa pessoa.

6 – Aproveite os recursos do mercado

Por fim, para que todas essas estratégias e ideias sejam assertivas, uma dica é aproveitar recursos do mercado atual, como a tão popular tecnologia. Com as novidades de hoje, o uso excessivo de redes sociais e a automação de serviços, é possível pensar em atividades que diferenciam a empresa e atraem a atenção do consumidor, como as possibilidades de:

Diversas formas de pagamento

Muitas empresas estão investindo nas vendas online. Assim, se você já possui uma plataforma de vendas e serviços, é interessante pensar nas variadas formas de pagamento que possam ser integradas.

Como as pessoas estão aproveitando cada vez mais da variedade de compras e pagamento, é comum que usem o cartão de crédito para parcelamento no site, boletos para compras à vista ou mesmo ambientes intermediários seguros, como PayPal.

Aplicativos de simulação do ambiente

Outro diferencial para atrair clientes para loja de móveis é aproveitar a plataforma completamente, oferecendo serviços que ajudem na escolha do móvel pelo cliente, que facilite a visualização do produto e torne a decisão certeira.

Como exemplo há o uso de fotos em alta resolução mostrando todas as especificidades do produto e a simulação de ambientes, que trabalha com a composição de cômodos a partir de cores variadas para paredes, tetos e chão, disposição de móveis variados e itens decorativos, ajudando o cliente a entender como tal item pode ser instalado em sua casa e qual o possível resultado.

Vale lembrar que essas 6 dicas sobre como atrair clientes para loja de móveis devem ser pensadas a partir da viabilidade que a empresa oferece, dos recursos disponíveis, das prioridades e momento do comércio. Além disso, elas podem ser modificadas quando necessário, o importante é testar as ações, acompanhar os resultados e entender qual mudança é a mais eficiente para a empresa.

O que achou das dicas para atração de clientes? Achou o conteúdo relevante para sua empresa? Então não perca mais tempo e continue recebendo material de qualidade assinando nossa newsletter!

Compartilhe

Receba dicas e novidades da Henn

Agora estamos prontos para ajudar você!

Você receberá todos os nossos conteúdos, dicas e ferramentas exclusivas.